Musicas da Igreja

sábado, 25 de julho de 2015

O pequeno rebanho e a multidão dos pecadores

Ai de vós que estão no serviço da Igreja! Se tantos são condenados por sua culpa, o que vai acontecer com você?

São Tomás, o Doutor Angélico, depois de considerar todas as razões prós e contras em sua imensa erudição, finalmente, concluiu que o maior número de adultos católicos são condenados. Ele diz: “Porque a bem-aventurança eterna supera a condição natural, especialmente se tiver sido privado da graça original, é o pequeno número que são salvos."
Pegue todos os estados, ambos os sexos, todas as condições: maridos, esposas, viúvas, mulheres jovens, homens jovens, soldados, mercadores, artesãos, ricos e pobres, nobres e plebeus. O que estamos a dizer sobre todas estas pessoas que vivem tão mal?

sexta-feira, 17 de julho de 2015

O Calvário, ponto de encontro dos que amam

Não é possível que deixemos de sofrer simplesmente porque não podemos ser dispensados de amar


Quando Jesus advertiu que, para segui-Lo, era preciso renunciar-se a si mesmo e tomar a sua cruz [1], talvez os discípulos não pensassem que Ele verdadeiramente tomaria uma “cruz", no sentido literal. De fato, após subir a Jerusalém, o Cristo “foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado", como rezamos no Credo Niceno-

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Dos delitos contra a amizade: a ingratidão

Sidney Silveira

A ingratidão é o atestado de óbito da amizade por lesão gravíssima, seja qual for o grau de intencionalidade com que é levada a cabo: da fraqueza moral chamada comumente de “covardia” à cegueira da mente pura e simples — por cujo intermédio os benefícios recebidos vão esmaecendo, vão desaparecendo de maneira culpável da consciência do ingrato. Para este, o esquecimento mais ou menos voluntário dos bens com os quais foi aquinhoado serve de ferramenta para as mais sofisticadas autojustificativas, maligna indulgência relativa ao seu imoral proceder. Trata-se de muletas psíquicas pelas quais uma pessoa tenta desculpar-se a si própria e acaba por inculpar a quem lhe fez o bem. Como se pode

terça-feira, 14 de julho de 2015

A CRIAÇÃO E A QUEDA (por santo Atanásio)

Em nosso Livro anterior tratamos suficientemente sobre alguns dos principais pontos do culto pagão dos ídolos, e como estes falsos deuses surgiram originalmente. Nós também, pela graça de Deus, indicamos brevemente que o Verbo do Pai é Ele mesmo divino, que todas as coisas que existem devem seu próprio ser à sua vontade e poder e que é através dEle que o Pai dá ordem à criação,

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Profecias de Nossa Senhora do Bom Sucesso. Quito, Equador


Há 400 anos Nossa Senhora apareceu a uma religiosa espanhola no mosteiro das concepcionistas em Quito (Equador), e ordenou que se confeccionasse uma imagem sua sob as invocações do título, profetizou impressionantes acontecimentos para os séculos futuros, inclusive o nosso.

sábado, 11 de julho de 2015

Frases de santos: São João Vianney (Cura d'Ars)

"Meu Deus, aqui está tudo: tomai tudo, mas convertei a minha querida paróquia. Se Vós não a converterdes, será porque eu não terei merecido. Meu Deus, eu quero sofrer tudo o que queirais, por todo o tempo da minha vida... durante cem anos... e até as dores mais agudas... mas convertei-os..."

O ensinamento dos santos sobre como é a vida no céu

“A alma no céu se dá toda a Deus e Deus se dá todo à alma na medida em que ela é capaz e segundo seus merecimentos”. (Santo Afonso de Ligório)
“Só no céu haverá alegria sem anuviamento”. (Santa Teresinha)
“Passarei meu céu fazendo o bem na terra”. (Santa Teresinha)
“No céu seremos alimentados pelo sopro de Deus. Ele nos colocará como um arquiteto coloca as pedras num edifício, cada um no lugar que convém”. (São João Maria Vianney)
“O Céu é a posse de Deus. No céu contempla-se a Deus, adora-se e ama-se a ele. Mas para chegar ao céu é preciso desprender-se da terra”. (Santa Teresa dos Andes)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...